terça-feira, 14 de maio de 2024

Política: Traições e Incoerência.

 Já escrevi que tenho dificuldade de entender o ilógico, vejamos:

Os vereadores Zé Augusto e Fabrício de Sá são do 55 (PSD) grupo do Prefeito.

Quando fazem críticas ao Prefeito, prejudicam o candidatura do 55 e favorece as candidatas da Oposição, que são duas, uma em declínio e a outra em ascensão.

Como não há "ato inocente" na política, a dedução é que trata-se de algo planejado.

A Incoerência: Dos dez prováveis candidatos a vereador no Grupo 55, no mínimo cinco, seguem orientação do Miliossi. 

Imaginem se o Prefeito se canse de ser ofendido levianamente, (em que pese a agressão verbal, gratuita, sem fundamento, falar mais sobre o ofensor do que sobre o ofendido), e retire esses pré-candidatos? Podem não terem candidatas, os possíveis substitutos serem candidatos de 20 votos cada, desta forma a Legenda não faria mais que um (se fizer). E, pelo quadro atual, os "Incoerentes" estariam FORA, dizendo adeus a reeleição.

4 comentários:

  1. CELSO LIMA , AÍ SERIA MTA COVARDIA DA PARTE DO PREF

    ResponderExcluir
  2. Esses vereadores que sabe.. Tem que ser firme mesmo

    ResponderExcluir
  3. Caxão faz campanha irregular dentro da escola

    ResponderExcluir

Fogo No Cabaré do Progressista.

 O Pantera já sentiu na pele, como é o jogo político. (aquele "fogo amigo", foi só uma amostra). Como o julgamento do Luciano não ...